04/09/2014

Minha Meg, meu amor.


Quem adota, cuida e ama um cãozinho sabe o valor que ele tem na vida. Quem vê aquela critaturinha indefesa, que muitas das vezes é retirado do 'acãochego' do bercinho da mãe e vai pra uma casa onde a euforia das pessoas assusta, não imagina que vai ser tão amado um dia, sem dar nada em troca.
É a relação de amor mais pura que existe. 
Eu, como uma defensora do amor animal, venho aqui contar um pouquinho da história da minha Meg para vocês.

No reveillon de 2013, resolvi passar no sitio do meu namorado, com a familia dele. Eu tinha acabado de sair de um processo onde eu engordei 30kg para fazer uma cirurgia bariatrica, que não deu certo, e no próximo post irei contar mais sobre isso.. O tio do meu namorado reparou que eu estava triste, com a alma pesada e a auto-estima baixa e disse que tinha uma coisa que iria me fazer muito bem e levaria no dia seguinte. Eu nem liguei muito, pois, não sabia o que me faria bem. Afinal, 30kg a mais.. não são 30gr, né?

No dia 1° de janeiro, o tio sumiu. E quando apareceu, me veio com essa coisinha, com apenas 1 mês: 
Era ela: a boxer tigrada mais linda do mundo, minha invocadinha, minha meg maluca, meg pig.. 
Coloquei o nome dela de MEG, porque são as iniciais do meu nome e do nome do meu namorado..
Lembra do filme Marley e eu ? Acho que na minha vida, passou a ser Meg e eu. Ela era minha companheira, sabe ? Eu comprei uma bolsa para carregar cachorro de pequeno porte. Conseguem imaginar como essa filhote de BOXER ficou na bolsa? hahahah mas ela adoraaaava! Ainda mais que tinha um compartimento que dava pra guardar biscoitinhos e bifinhos de carne e ela achou e 'roubava' tudo haha
Uma vez, deixei ela trancada na varanda do meu quarto sem querer, e advinha o que ela fez? se jogou da varanda! Imagina meu susto ? Quando cheguei lá em baixo, Meg estava durinha, esticada, com o coração acelerado, estatalada! Depois que eu a abracei e passou o susto, ela saiu correndo, brincando e pulando como adorava. Já viu cachorro brincando de esconde-esconde? Pois é.. ela amava! Tenho vários videos dela no facebook brincando disso.. Se alguém falasse que o papai estava chegando, ela corria pra porta e ficava latindo, esperando meu namorado chegar! Uma vez fui brincar assim com ela de madrugada e tive que me trancar no banheiro, pois ela latiu e chorou tanto na porta que acordou todo mundo em casa..
São várias histórias memoráveis, daria um post gigante. Eu levava a MEG para todos os lugares e ela se familiarizou com todos os cachorrinhos do prédio do meu namorado. Todos amavam minha boxer...
Mas, chegou a hora dela. Infelizmente, papai do céu levou Meg cedo demais.
Hoje, em especial, eu senti muita falta da minha bebêzinha.
Que ela esteja fazendo muita arte lá no céu, que esteja comendo todos os bifinhos de carne que ela amava e que tenha um anjinho cuidando muito bem dela! 
Que saudade da minha bebê. 
É assim que compartilho com vocês, o amor mais puro que a vida me deu.. 
<3


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui (:


Tecnologia do Blogger | Design: SD Design ©

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...